Tarte de maçã com pudim flã El mandarim

Já no outro dia tinha indicado aqui uma tarte de maçã com custard, mas como nem todas as pessoas encontram esta farinha, aqui fica um substituto à altura! O pudim El mandarim ou como muita gente chama pudim micau.
Acrescentei passas para dar um ar um pouco mais festivo, mas podem não colocar, que não compromete o sabor.
Esta foi a sobremesa, para além da fruta que apresentei para o jantar de acção de graças, mas que pode ser para todos os dias de festa ou sem ser de festa!

Ora vamos lá!

Ingredientes:

1 embalagem de massa quebrada de compra
1 kg de maçã reineta
2 c de sopa de passas
3 c de sopa de açúcar
1 c de chá de canela

creme:
1/2 saqueta de pudim El mandarin
500 ml de água
2 c de sopa de açúcar

Descascar e cortar as maçãs em gomos finos, Colocá-las numa taça e polvilhar com o açúcar e a canela.
Ligue o forno a 200 ºC.
Num tacho levar o leite ao lume com o açúcar. Deixar cozinhar, mexendo de vez em quando, até levantar fervura. Baixar o lume e juntar a meia saqueta de pudim, mexendo muito bem de forma a que o pudim se dissolva no leite e não forme grumos. Deixe cozinhar por cerca de 5 minutos.
Coloque a massa numa tarteira de fundo amovível e disponha por cima as maçãs. Passe as passas por água e espalhe por cima das maçãs. Deite por cima o pudim, que deverá estar com uma consistência de creme fino.
Leve ao forno por 30 minutos.

Retire e se quiser decore. Eu usei bolachas de gengibre em redor.

Sirva com uma bola de gelado de baunilha.


Bom Apetite!

Comentários

As preferidas desta semana