Courgete com salsichas à braz

Numa tentativa de fazer uma alimentação mais saudável e ao mesmo tempo ficar mais elegante para vestir  o fato de banho, de preferência novo na esperança que os do ano passado estejam grandes, tenho feito algumas ligeiras alterações na minha alimentação, que espero no futuro conseguir fazer chegar ao resto da família, que de qualquer forma já beneficiam um pouco disto, tenho andado a fazer algumas alterações a receitas tradicionais e a tentar chegar a um tempero saboroso, de forma a que a comida saudável seja ainda mais apetitosa que a tradicional.
Neste tipo de alimentação que tenho feito no último mês tenho retirado o excesso de hidratos de carbono, e como tal, como muito pouco, mesmo muitooooo pouca batata, massa, pão e bolos.
O pão que estou a comer esporadicamente é sem gluten, a batata é apenas uma vez por semana e de preferência da doce (meia batata doce e já fico satisfeita), arroz só como basmati e em metade da quantidade habitual. Quanto às massas e bolos simplesmente não como. Ah e retirei os cereais ao pequeno almoço.
Por sua vez, introduzi o abacate na alimentação, e quanto a este sabe-me bem ao pequeno almoço temperado com um pouco de sumo de limão ou lima, para acompanhar com ovos mexidos. Morangos ou kiwi a acompanhar a refeição, desde que não tenha molhos, também me tem sabido bem.
O iogurte grego caseiro, também tem andado a preencher bem o frigorífico a par das saladas.
Como a carne e o peixe cozinhados da forma habitual, só mudando os acompanhamentos. 
Quanto a doces como frutos secos, no iogurte por vezes ponho um colher de chá de mel, e como um quadradinho de chocolate negro (mais de 70% de cacau) de 2 em 2 dias.
É uma alimentação ao estilo paleo, mas não sendo a 100% dentro do conceito, tem produzido alguns efeitos, tanto a nível de peso como de volume, e claro que isso irá tornar-me ainda mais saudável.
Há uns dias cá em casa pediram para o jantar salsichas à braz e eu para com os meus botões "Oh diabo! Então e o que é que eu vou comer e como é que vou resistir a tal gulodice?", porque neste caso as batatas iam estar a mais, para mim.
E lembrei-me então de substituir a batata frita por courgete ralada. A forma de fazer a receita à braz fica diferente, mas penso que tanto com atum, bacalhau, ou mesmo carne picada fica bem agradável. Fica um prato mais leve, e claro um pouco diferente de sabor, mas muito saboroso.
Vamos então a isto! E claro esta quantidade foi só para mim, que eles comeram as tradicionais salsichas à braz

Ingredientes
200 g de courgete
1 colher de sopa de azeite extra virgem
1 cebola pequena (cerca de 40g)
1 dente de alho
2 ou 3 salsichas
4 rodelas fininhas de chouriço 
2 ovos
sal e pimenta qb
1 folha de louro
salsa picada e azeitonas a gosto

Descascar a courgete e ralá-la para que fique com o aspecto da cenoura ralada. Corte a cebola em meias luas fininhas, pique o alho, e corte as rodelas de chouriço ao meio. Coloque tudo num tachinho, de preferência anti-aderente para facilitar a confecção, com o azeite e deixe cozinhar até que a courgete comece a quebrar (ficar mole), adicione o louro e tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar mais um pouco, para que o suco libertado pelos legumes evaporem um pouco. 
Entretanto corte as salsichas às rodelas, e bata os ovos.
Adicione então as salsichas e o ovo ao tacho, e envolva para que fique uma misture homogénea.
Salpique com a salsa picada e as azeitonas e delicie-se!


Bom Apetite!

Comentários

As preferidas desta semana