07/10/2012

Alcatara da Terceira à moda da Lau

Pois, para quem não sabe, tenho raízes açorianas :)
Uma das receitas da minha infância é a Alcatara à moda da Terceira, receita trazida pelas minhas tias quando nos visitavam, ligeiramente alterada pela minha mãe e agora por mim :)
Tenho o alguidar de barro típico para fazer esta carne, de barro e não vidrado, que foi cedido pela minha mãe e que foi oferecido por uma tia minha :) Pode usar-se outro recipiente de barro à falta deste... por exemplo os tachos de fazer a chanfana! Que é o que este prato me faz lembrar!
Tradiconalmente esta receita é feita só no forno, e leva cerca de 2 horas... Mas eu cá gosto de coisas mais rápidas e económicas, pelo que a minha leva cerca de 1h, porque uso a panela de pressão, se for em tacho normal então leva mais meia horita ;)
O vinho uso com "aroma" de frutos vermelhos, a fazer lembrar o vinho morangueiro dos Açores, e nrmalmente os vinhos da região do Ribatejo adequam-se bem, pelo que usei Lezíria, uma vinho de emsa que não é caro mas que confere um aroma agradável à carne.
Estas quantidades são para apenas 3 a 4 pessoas

Ingredientes:

1 cebola grande cortada às rodelas
3 dentes de alho
6 cravinhos
700g pedaços de carne do cachaço
500 + 250 ml vinho tinto
100g bacon finamente fatiado
50g de chouriço de carne inteiro e sem pele
2 folhas de louro
1 colher de sopa de azeite
sal e pimenta qb

Colocar os ingredientes todos, menos 250 ml de vinho e o bacon, na panela de pressão, e vai ao lume cerca de 20 minutos, uma vez que a carne não precisa de ficar bem cozinhada, uma vez que ainda vai ao forno.
Entretanto forrar o fundo e as paredes do alguidar com o bacon e reservar.
Colocar 1/3 da cebola cozinhada no fundo do alguidar por e colocar pedaços de carne e o chouriço e deitar a restante cebola e o caldo de cozinhar e completar com o restante vinho.
Levar a forno pré-aquecido a 180º por cerca de 40 minutos tapado com folha de alumínio, a qual é retirada cerca de 25 minutos depois de estar no forno.
Serve-se com batata cozida!

Bom Apetite!

Sem comentários: